Voltar

Tipos de criptografia: descubra as mais importantes para a sua empresa

Marco Zanini

A segurança da informação se tornou algo cada vez mais caro para as organizações, independentemente de sua área de atuação. Isso ocorre por diversos motivos, desde a promulgação da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais ao aumento constante dos cibercrimes.

Uma das formas de proteger as informações da sua empresa é por meio do uso da criptografia. Essa ferramenta serve para proteger os dados, de forma que apenas os portadores das chaves de acesso possam visualizar o conteúdo ou ter acesso ao arquivo. Assim, qualquer indivíduo que interceptar o documento não terá a mesma sorte.

É importante identificar quais são os principais tipos de criptografia aplicados atualmente e verificar qual deles mais se encaixa à situação da sua organização. Vamos mostrar os principais deles, a seguir. Boa leitura!

Por que a criptografia é tão importante atualmente?

A criptografia é uma das primeiras barreiras para impedir que um cibercriminoso (como hackers) tenha acesso aos seus dados durante o envio de mensagens, de forma de evitar a interceptação de informações.

Isso é fundamental em um contexto no qual esse tipo de ação ilícita gera US$ 10 bilhões em prejuízos por ano no Brasil. Outro ponto é que as violações de cibersegurança afetam 90% das empresas no Brasil. E um dos crimes mais realizados é o roubo de dados para uso em fraudes comerciais, bem como a venda de informações estratégicas para concorrentes diretos e indiretos.

Além disso, com a promulgação da LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais) em 2018, as organizações tornaram-se responsáveis pela proteção das informações que circulam internamente, bem como os dados obtidos do público. Por isso, é fundamental que as empresas comecem a investir em mecanismos para proteger os seus usuários.

Quais são os principais tipos de criptografia?

Escolher o tipo de criptografia ideal para o seu negócio é fundamental para não incorrer em erros e deixar os seus dados desprotegidos, podendo ser acessados por outros usuários maliciosos. Para isso, neste texto, vamos explicar sobre os principais tipos de criptografia existentes no momento.

Um dado importante para compreender a complexidade do tipo de criptografia que estamos falando é considerar que, quanto mais bits, maior o número de chaves para decifrar um documento. Outra proporção envolvida também é a de quanto maior o número, mais elevada é a sua segurança.

Confira os principais tipos de criptografia, a seguir.

Chave simétrica

A chave simétrica é o modelo mais comum e simples. Nela, uma mesma chave é utilizada tanto pelo emissor como pelo receptor da mensagem — ou seja, ela é usada tanto para a codificação como para a descodificação dos dados.

Esse tipo de criptografia foi responsável por lançar as bases para outros modelos, como o DES e o IDEA.

DES (Data Encryption Standard)

Esse é um dos modelos mais básicos, tendo sido um dos primeiros a ser criados (pela IBM, em 1977) e implementados. Consequentemente, é um dos mais difundidos mundialmente, pois fornece uma proteção básica de apenas cerca de 56 bits, oferecendo até 72 quatrilhões de combinações.

Esse método pode ser decifrado por meio de uma técnica chamada “força bruta”. Nesse caso, um programa testa, constantemente, todas as possibilidades de chave, de forma automatizada e por horas seguidas. Como é um sistema de proteção básica, oferece uma segurança reduzida para o usuário.

IDEA (International Data Encryption Algorithm)

Criada em 1991, essa é uma chave simétrica que opera em blocos de informações de 64 bits e utiliza chaves de 128 bits. Ela atua de forma diferenciada, fazendo uma espécie de confusão para cifrar o texto, protegendo as informações e impedindo o realinhamento para a sua leitura de forma correta. Sua estrutura é bastante semelhante à do DES.

SAFER (Secure and Faster Ecryption Routine)

Nesse modelo, a criptografia é feita em blocos de 64 bits. Não raro, o usuário poderá encontrá-la pelo nome de SAFER SK-64. Porém, é uma criptografia na qual muitos especialistas encontraram diversas fragilidades, fazendo com que fossem desenvolvidas novas opções mais complexas, como o SK-40 e o SK-128 bits.

AES (Advanced Encryption Standard)

É um dos algoritmos de criptografia mais seguros da atualidade, sendo utilizado até mesmo pelo Governo dos Estados Unidos e, também, por diversas organizações de segurança. Sua criptografia é feita em blocos de 128 bits, mas as chaves podem ser aplicadas também em 192 e 256 bits, tornando essa chave extremamente difícil de ser quebrada em ataques convencionais de cibercriminosos.

Chave assimétrica

Também conhecida como “chave pública”, trabalha tanto no modo privado quanto no público. No primeiro, a chave é secreta. Já no modelo público, o usuário deverá criar uma chave de codificação e encaminhá-la para o receptor, para que possa ter acesso ao conteúdo.

Qual é a importância de utilizar a criptografia em todos os dispositivos?

Um erro comum dos gestores é aplicar a criptografia apenas nas comunicações em máquinas físicas (notebooks e desktops), ignorando o uso desse recurso em dispositivos móveis (smartphones, tablets e wearables). Cada vez mais, as comunicações e os envios de informações e dados são utilizados por meio dessa segunda modalidade, e os cibercriminosos, conscientes disso, atacam justamente a vulnerabilidade desses sistemas.

Por isso, para manter a integridade das informações, é fundamental que a criptografia seja aplicada em todos os dispositivos utilizados pela empresa, bem como também na própria rede wireless.

Como escolher o melhor tipo de criptografia para a empresa?

A escolha deve ser feita de acordo com o nível de sigilo dos dados do seu negócio. Empresas que trabalham com um grande número de informações delicadas (como grandes bancos de dados de clientes e usuários, ou empresas relacionadas com a área de segurança) necessitam de proteções extras, implementando não só a criptografia, mas também outros protocolos ligados a cybersecurity.

Essa escolha pode ser intermediada, também, por profissionais especializados, que realizarão a avaliação da atual conjuntura e das possíveis vulnerabilidades existentes, e encontrarão formas de potencializar a segurança das informações da sua empresa.

Como vimos, descobrir o melhor tipo de criptografia para a sua organização garante eficiência no processo, minimiza os riscos de problemas e permite que as suas operações ocorram de forma mais segura. Se você deseja implementar medidas de segurança que vão além da criptografia de informações, a Globalweb oferece serviços e produtos que se adéquam às necessidades das empresas.

Entre em contato conosco, converse com um de nossos consultores e saiba mais sobre a nossa consultoria especializada. Contamos com a melhor solução para impulsionar a segurança de dados em sua organização!

Compartilhe:

Outros destaques

Processos ágeis e as novas fábricas de software

As metodologias ágeis são reconhecidas até hoje como estratégias efetivas para redução de custos e aumento da produtividade de uma empresa. Elas são aplicadas para lidar com os desafios comuns em projetos, como gestão de custos, riscos e prazos. Por isso, são soluções práticas para organizar o dia a dia e garantir melhores resultados.

Saiba mais

Aprenda como promover a segurança da informação na sua empresa

É fundamental encontrar formas de proteger os seus dados e evitar que eles se percam, tanto por desastres tecnológicos quanto por ações de cibercriminosos. E, para isso, é preciso investir em segurança da informação.

Saiba mais

Conheça os principais indicadores estratégicos de TI

Neste artigo, vamos mostrar quais são os principais KPIs (Key Performance Indicators, ou Indicadores Fundamentais de Desempenho) que devem ser usados na TI. Acompanhe!

Saiba mais

Assine nossa news

Receba no seu e-mail informações e conteúdos ricos sobre transformação digital e jornada para nuvem dos melhores especialistas do mercado.
Não se preocupe, não enviamos spam. ;)