Voltar

Qual é o impacto da tecnologia 5G na cloud computing?

Cristina Boner

A revolução da tecnologia 5G está prestes a começar. Assim que a inovação da comunicação sem fio for aplicada nos mais diversos países, notaremos seus impactos na eficiência operacional e na diminuição de custos das empresas, bem como na vida pessoal de todos os envolvidos. A promessa é de expansão da conectividade e mais agilidade.

Nesse sentido, também vale ficar atento à relação entre o 5G e a cloud computing, pois deve proporcionar avanços nas estratégias das companhias. Dessa forma, a infraestrutura de TI apresentará menos problemas e será flexível o suficiente para atender a todas as demandas internas.

Deseja descobrir como o 5G se relaciona com a nuvem e qual é o impacto dessa relação? Então, confira os tópicos a seguir!

O que é 5G?

O 5G é o novo padrão de comunicação sem fio para dispositivos móveis. Sucede às tecnologias 2G, 3G e 4G, que marcaram os últimos anos e permitiram que as pessoas conseguissem acessar e transferir dados com mais facilidade, independentemente das barreiras de tempo e espaço.

O 2G surgiu com um propósito importante, mas simples se analisarmos em retrospecto: possibilitar a interação via SMS. Já o 3G auxiliava os usuários na transferência de áudios e vídeos. O 4G, por sua vez, foi ideal para o envio de uma grande quantidade de dados, de diferentes tipos e formatos, o que caracteriza a complexidade da comunicação atual.

2020 é o ano esperado para a chegada do 5G em muitos lugares. Essa notícia é empolgante por vários motivos: um deles é que a tecnologia nova vai trazer uma velocidade de banda maior do que a anterior, permitindo até 20 Gbps de download e 10 Gbps de upload. A taxa de download atual, referente ao 4G, é de apenas 1 Gbps.

Outro motivo de empolgação é a diminuição da latência — termo que expressa o atraso de um dado quando transferido de um ponto a outro. A redução dessa variável viabilizará conexões mais rápidas e respostas em tempo real, o que combina muito bem com as necessidades atuais.

Ademais, o consumo de energia deve ser bem menor do que o causado pelo 4G. Dessa forma, as empresas e pessoas vão economizar dinheiro e haverá menor gasto de bateria dos smartphones.

Como a tecnologia 5G impacta a cloud computing?

Quando falamos no padrão 5G, estamos nos referindo a uma rede que permitirá que celulares se conectem entre si. Evidentemente, há um impacto sobre a computação em nuvem, que depende da conectividade a fim de viabilizar o acesso a recursos virtualizados. Portanto, essa tecnologia vai impulsionar a cloud e auxiliar as empresas a conseguirem melhores resultados.

A cloud, hoje, está mais complexa, envolvendo a abstração de uma série de recursos e funcionalidades, tais como infraestrutura, softwares, bancos de dados, redes e até mesmo capacidade de monitoramento. Para isso, precisa de uma rede que suporte altas taxas de transferência e possibilite uma latência menor.

Atualmente, entretanto, ainda existe um grande desafio: a cobertura da banda larga atual. Algumas áreas com acesso restrito sofrem por não usufruírem dos benefícios da nuvem. Já em outras, a lentidão e a instabilidade prejudicam as estratégias, tornando dados inacessíveis e gerando falhas nos processos e na comunicação.

Diante disso, a promessa da tecnologia 5G é de levar internet para locais mais distantes, expandindo um pouco mais esse acesso. Essa vantagem deve mudar o cenário e ampliar o uso da cloud, bem como ajudar na expansão da sua revolução ao redor do país.

Também haverá um suporte maior à conexões em tempo real, com interação praticamente instantânea entre os aparelhos e o servidor da nuvem. Isso permitirá downloads e uploads muito mais rápidos e uma extensão escalável e elástica dos recursos internos, como se a cloud fosse realmente um conjunto de componentes instalados no próprio dispositivo.

Contudo, é importante analisar de maneira mais específica como o padrão novo vai otimizar as conexões. Faremos isso, a seguir.

Streaming de dados

A tendência é que a nova tecnologia aumente a capacidade de realizar transferências em tempo real, o que caracteriza o consumo de dados via streaming. Atualmente, é uma demanda comum das pessoas acessar vídeos, filmes e músicas, e isso gera uma responsabilidade maior sobre o padrão de comunicação, com maiores fluxos de dados acontecendo.

A cloud permite que o usuário acesse esse tipo de conteúdo sem ter que instalar nada em seu dispositivo. Contudo, ela se depara com conexões instáveis e lentas, que não ajudam no download rápido das informações. No entanto, com o 5G, a ideia é gerar mais velocidade para essas operações, a fim de permitir que elas ocorram naturalmente, sem prejuízo aos utilizadores.

Análise de dados

Com o fluxo de informações mais rápido, é possível também analisá-los com mais eficiência. As soluções de Data Science e Business Intelligence poderão contribuir com as empresas ao extrair valor de dados brutos e gerar insights rápidos para a tomada de decisão.

A tecnologia 5G vai permitir uma latência menor no envio e uma comunicação mais ágil entre a fonte e o local de armazenamento, o que possibilitará monitoramento e ações em tempo real.

Internet das Coisas (IoT)

Se o 4G era poderoso para grandes fluxos de dados, como o streaming, o 5G traz como diferencial o suporte a um número imenso de dispositivos diferentes conectados. A própria necessidade de evolução é baseada no fato de que o número de smartphones se comunicando ao mesmo tempo aumentou vertiginosamente, e isso requer uma resposta rápida por parte da rede, de modo a evitar congestionamento.

Por isso, o 5G com a cloud deve desempenhar um papel fundamental na evolução da Internet das Coisas. A nuvem permitirá comunicação dos sensores com os sistemas centrais, ao passo que a quinta geração dos padrões móveis contribuirá com a melhoria da nuvem em si, otimizando o relacionamento entre os mais diversos componentes conectados e a própria rede.

Inteligência Artificial (IA)

A Inteligência Artificial depende fortemente de uma grande quantidade de dados. A autonomia e o poder de decisão dos sistemas de IA são diretamente proporcionais à quantidade de informações com as quais eles são treinados e alimentados. Nesse sentido, é preciso obter velocidade e suporte com uma infraestrutura escalável e robusta — e a cloud oferece isso.

Já a rede 5G atua na expansão das possibilidades da nuvem com esse fim. Desse modo, será possível usar algoritmos de IA em tempo real em situações diferentes, nas mais diversas áreas de uma cidade.

Realidade virtual e realidade aumentada

A realidade virtual e a realidade aumentada também dependem da ideia de “em tempo real”, que estamos discutindo neste texto. Portanto, serão impactadas pela revolução da cloud com o 5G, já que será possível realizar simulações ainda melhores, com mais dados sendo transferidos por segundo. Haverá mais realismo nos cenários e na velocidade, com menos interrupções devido à menor latência.

Como vimos, qualquer mudança da tecnologia 5G, assim como de outras inovações, podem impactar a computação em nuvem e as demais soluções no processo. Desse modo, é importante acompanhar as mudanças provocadas por esses paradigmas, a fim de otimizar os resultados operacionais das empresas e aprimorar a comunicação e a agilidade nas transferências de dados.

Gostou deste post? Assine já a nossa newsletter e continue acompanhando as nossas novidades!

Compartilhe:

Outros destaques

Field Services: por que você deve se importar com isso?

Há muitos pontos envolvidos com a prestação de serviços que merecem atenção por parte dos gestores das empresas. Afinal, não basta apenas oferecer os serviços de TI para seus clientes — é fundamental prestar toda a assistência para que funcionem adequadamente.

Saiba mais

Nuvem pública: entenda o que é esse conceito e como funciona!

A nuvem pública é uma ótima solução para quem está realizando a migração para a computação na nuvem.

Saiba mais

Conheça cinco aplicações da Inteligência Artificial no Brasil

A Inteligência Artificial (Artificial Intelligence, em inglês), tecnologia que agrega inteligência ao computador a ponto de habilitá-lo a realizar tarefas com autonomia, está cada vez mais inserida nas inovações tecnológicas.

Saiba mais

Assine nossa news

Receba no seu e-mail informações e conteúdos ricos sobre transformação digital e jornada para nuvem dos melhores especialistas do mercado.
Não se preocupe, não enviamos spam. ;)